Sejam todos bem-vindos, especialmente àqueles que amam o desporto e esta modalidade em particular. Criamos este Blog, no intuito de irmos narrando as nossas aventuras e estados de espírito, mas acima de tudo, partilharmos experiências, procurando fazer novas amizades.
A todos cumprimentos desportivos.

Os Flechinhas

domingo, 18 de maio de 2008

Grande Prémio de Atletismo da Marginal - Póvoa de Varzim

Realizou-se, hoje de manhã (18 de Maio de 2008), pelas 10h00, o 2º Grande Prémio da Marginal da Póvoa de Varzim - Vila do Conde, em Atletismo. De salientar, o facto de parte das receitas da prova reverter a favor da Associação Portuguesa de Paramiloidose. Nesta segunda edição, a prova teve como cidade anfitriã a Póvoa de Varzim, contrariamente ao que sucedeu em 2007. A nível interno, a prova ficou marcada pelas ausências de dois atletas do Clube Desportivo das Aves, a saber: Duarte Silva (ainda que existam algumas dúvidas quanto à sua ausência…) e Luís Martins. Por outro lado, estiveram presentes Manuel Gomes, Joaquim Ferreira, Lino Alves, Joaquim Faria, António Coutinho, Sérgio Martins e Paulo Freitas.
Registo ainda para um destaque especial que marcou o final desta prova. Os atletas Joaquim Ferreira e António Coutinho protagonizaram um desfecho emocionante que ofuscou o brilhantismo dos vencedores nas várias categorias…! Em plena recta da meta, estes dois fantásticos "sprinter's" não descolaram um do outro, ultrapassando tudo e todos, verificando-se, no final, um ligeiro avanço por parte de Joaquim Ferreira… No final, em conversa com os visados, os comentários foram os seguintes: "… lembrei-me das palavras de desafio do António no treino de quinta-feira e apliquei-me a fundo", referiu Joaquim Ferreira. Por seu turno, António Coutinho salientou que "… este é o sal do Atletismo. Para além disso, nunca quis terminar à frente do Joaquim… apenas queria terminar ao lado dele". Alguém acredita nisto?
Edição de Paulo Freitas

9 comentários:

Duarte disse...

Tal como previa, a minha ausência, foi uma decisão acertada. Depois da ameaça do atleta António Coutinho no treino da passada quinta-feira, só se fosse louco é que arriscaria o meu prestígio!

Duarte disse...

... contudo mais uma vez não passou de uma grande desilusão!
Nos ùltimos metros não costumas facilitar António....que se passa contigo, amigo?

Duarte disse...

Estou eu aqui a escrever umas mensagens no Blog e dei por mim a pensar...
Além de termos atletas a quem a forma lhes vem de repente, agora parece que também temos super-atletas com recuperações físicas espectaculares. Pois para quem estava gravemente lesionado, com a època em risco, obter um tempo de 38 minutos, é caso para dizer "A recuperação veio-me de repente!" ou será que podiamos dizer "hoje não me sinto pressionado!"

Anónimo disse...

Olá campeões! sou um dos apaixonados pelo atletismo, em tempo idos tambem estive no ciclismo,(aínda hoje não sei qual o mais duro). Estive hoje na Povoa para mais uns kilometros, antes da partida estive é conversa com o sr. Joaquim Ferreira, não sei se sabe o meu mome,.. todos me tratam por Guimaraes, de vez em quando encontro alguns de vocês na pista da central electrica de Pedome, principalmente o Gomes e o J.Ferreira. Bem hajam pelo espirito desportivo e de amizade que vos une.

Um abraço
Bernardino Guimaraes
Pedome

Anónimo disse...

Ó Duarte... tens de falar com a organização da prova... Apareces com o tempo de 49:08:50!!! É muito estranho. Vê lá isso... De resto, a malta estranhou ver-te de barba branca!
Ass. Paulo Freitas (não consigo fazer comentários com o meu registo...!)

Duarte disse...

Realmente é muito estranho, vou ver o que se passa...

Anónimo disse...

Será que era o Luis disfarçado, para ver a concorrência ?
Hummmmm!

Anónimo disse...

Já estou arrependido de ter escrito este texto! O António já me avisou que a partir de agora, não me vai dar a mínima hipótese...Despertei o "atleta adormecido"... Com tanta ameaça, este blog mais parece um confessionário da Al-Qaeda!!!

Ass. Paulo Freitas

DS disse...

Tem calma contigo amigo...
Na minha perspectiva não passam de ameaças falaciosas, que se resumem a nada.
Como diz o ditado "A caravana passa e os cães ladram!"
Haja pernas...
...ou doping...