Sejam todos bem-vindos, especialmente àqueles que amam o desporto e esta modalidade em particular. Criamos este Blog, no intuito de irmos narrando as nossas aventuras e estados de espírito, mas acima de tudo, partilharmos experiências, procurando fazer novas amizades.
A todos cumprimentos desportivos.

Os Flechinhas

terça-feira, 25 de maio de 2010

5.ª Meia Maratona do “DURO” Vinhateiro!

Infelizmente a semana passada coloquei um post de luto relativo à morte de um atleta na Meia Maratona de Cortegaça e parece que assim vamos ter de continuar, tristes e amargurados, pelo menos, com a forma como tratam o atletismo e os atletas em particular. Vejamos:
Realizou-se este fim-de-semana a Meia Maratona do Douro Vinhateiro, prova de inquestionável beleza, que serpenteia as magníficas margens do rio Douro, contudo esta 5.ª edição fica marcada por uma grave falha da organização, a qual acaba por privar os atletas do consumo de água por mais de 15 km de corrida, com temperaturas bastante elevadas, acima dos 30 graus, numa prova que se prolongou para muitos dos atletas para cima das 13 horas da tarde, já que esta teve o seu inicio, tardio, pelas 11 horas da manhã. Note-se que pelo menos 6 atletas foram hospitalizados, decorrente deste lamentável episódio.
È incompreensível que uma organização que tem já alguma experiência neste tipo de eventos e que faz questão de anunciar que esta é “a mais bela prova do mundo”, tenha lapsos desta gravidade, acabando por pôr em risco a vida dos atletas. Seja por premeditação ou por negligência, este tipo de situações têm de ser erradicadas definitivamente do desporto.
Quanto aos Flechinhas, obviamente que estavam todos bastantes desiludidos com as prestações obtidas e acima de tudo extenuados com tamanha violência física a que foram sujeitos, contudo tínhamos á espera aquilo que é mais importante na vida de todos, que é a família e preparados para um extraordinário piquenique que acabou por ser o melhor deste dia, partilhando-se momentos grande alegria e companheirismo.
DS

6 comentários:

JV disse...

EU TAMBEM LA ESTIVE E JA CORRO A MUITOS ANOS E A MARCA QUE FIZ FOI A MINHA PIOR MARCA PORQUE DEIXEI DE PENSAR NISSO A PARTIR DOS 15 KM AOS 20 TIVE QUE PARAR E CAMINHAR NUNCA ME ACONTECEU NADA DISTO TUDO DE BOM E BONS TREINOS

Fernando Andrade. disse...

Caros amigos
agradeço-vos muito o simpático comentário deixado no "cidadão de corrida" o que me deu a possibilidade de conhecer este vosso excelente espaço que passarei a seguir com todo o gosto.
Quero também dizer-vos que partilho inteiramente do sentimento de desagrado relativamente a esta bela prova que foi tão... "mal calculada".
Grande abraço e boas corridas.
FA

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Como já sabem, também lá estive. Não sofri porque não corri a Meia, mas senti a aflição bem de perto, de todos, dos que corriam, dos que esperavam os que corriam e foi uma vergonha, uma autêntica vergonha, agravada pela falta de humildade de assumir o erro, e pior ainda: quando se detectou a falta de água, ainda havia muitos kms pela frente, muito tempo para tentar repor os abastecimentos. Não foi feito! Os atletas estavam abandonados a si mesmos. Uma triste organização que pelos vistos, nada vai fazer para se redimir. Orgulhosamente...

Enviei-lhes directamente o meu protesto, proponho convite para TODOS os atletas da Meia, com inscrição gratuita para 2011. Era o que deviam fazer, e sem medo, garantirem que o erro não se repetirá.

Serão capazes? Veremos...

Ana Pereira

Jorge disse...

Que notícia triste essa do falecimento de um atleta em uma corrida meus sentimentos pela perda...Quanto a organização da Meia Maratona Douro é lastimável que isso também venha ocorrer ainda mais sendo uma corrida que largou atrasada e com a temperatura bastante elevada, o ideal é que todos os corredores cobrem dos responsáveis pelas tais atitudes para que isso não ocorra, mais mesmo assim meus parabéns por mais uma Meia concluída.

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Anónimo disse...

da-lhe agua caros amigos

Anónimo disse...

da-lhe agua caros amigos